• bonito_azul.jpg
  • bsb_azul.jpg
  • coversite_natal2014.jpg
  • goiania_azul.jpg
  • pantanal_azul.jpg
  • semexpediente_2014.jpg

Fundação de Cultura entrega mais de 21 mil livros para as escolas municipais de Campo Grande

Campo Grande (MS) - A Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul entrega no dia 17 de dezembro (quarta-feira), às 9 horas, no Museu da Imagem e do Som, 21.185 livros para cada uma das 94 escolas e uma biblioteca da Rede Municipal de Ensino de Campo Grande. A doação faz parte do projeto Kit Literário e ampliará as reservas técnicas e os acervos escolares. A iniciativa da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul prevê a distribuição das publicações às escolas e à biblioteca da Secretaria Municipal de Educação em caixas, sendo que cada uma contará com 223 publicações de reconhecidos autores do Estado.

As caixas contêm publicações especiais que fazem parte da nossa identidade cultural. Entre os títulos que serão distribuídos para as escolas municipais estão livros de autores sul-mato-grossenses patrocinados pelo Fundo de Investimentos Culturais e pertencentes ao acervo do Sistema Estadual de Bibliotecas. "Cada caixa conta com uma boa quantidade de livros que reforçarão sobremaneira as bibliotecas das escolas municipais. Outro ponto extremamente positivo é garantir aos alunos o acesso a livros de autores do Estado que expressam nossa cultura e identidade nas letras”, analisa Américo Calheiros, presidente da Fundação de Cultura.

Mato Grosso do Sul foi o primeiro Estado do Brasil a preparar o seu Plano Estadual do Livro e da Leitura. Pioneirismo que se reflete nos resultados das políticas públicas ao longo dos últimos oito anos: com esta entrega o Programa de Incentivo à Leitura da Fundação de Cultura chega aos 250 mil livros distribuídos em todos os 79 municípios sul-mato-grossenses. "Este projeto garante o cumprimento de um dos principais objetivos da Fundação de Cultura: incentivar o gosto pela leitura em crianças e adolescentes, preponderante na formação de cidadãos conscientes", finaliza Américo Calheiros.

A entrega dos 21.185 livros para as escolas municipais de Campo Grande acontece no dia 17 de dezembro (quarta), às 9 horas, no Museu da Imagem e do Som, que fica no 3º andar do Memorial da Cultura, na avenida Fernando Correa da Costa, 559, Centro. Outras informações podem ser obtidas na Biblioteca Estadual Dr. Isaias Paim, pelo telefone 3316-9176.

Foto - Alexandre Sogabe | Fonte: FCMS

 

Governo Federal almeja criação de arquivos municipais em todo país

Na última sexta-feira (05), o governo federal lançou uma campanha para estimular as prefeituras a investirem em arquivos públicos. Pois, segundo o Diretor-geral do Arquivo Nacional, Jaime Antunes, a falta de arquivos públicos nos municípios brasileiros é uma das principais ameaças à memória nacional. A falta de arquivos e de pessoal capacitado para lidar com documentos, separando o que tem valor do que pode ser descartado, pode causar um grande lapso histórico no país. Contando que das 5.570 cidades, apenas 3% dispõem de local apropriado para guarda de documentos.

De acordo com dados do Arquivo Nacional a perpetuação da história brasileira ficará ameaçada caso os municípios não comecem a guardar e catalogar seus acervos documentais. “A data é o passo inicial de uma campanha massiva para sensibilizar gestores para que se criem arquivos públicos municipais. Eles terão como função guardar e preservar acervos produzidos e de valor histórico permanente, além de fazer uma mediação fundamental com o cidadão”, destacou Jaime, que também é presidente do Conselho Nacional de Arquivos. “Se não houver uma ação aproximando governo federal, estados e municípios, corremos risco de, em pouco tempo, termos uma amnésia de informação”, salientou.

Para capacitar os gestores e servidores municipais, o Arquivo Nacional disponibilizará, a partir de março de 2015, uma página específica na internet, com informações básicas e um curso de educação a distância. Também deverão ser enviadas missões para avaliar locais de instalação e treinar pessoal. Informações e contatos podem ser obtidos no endereço eletrônico do Arquivo Nacional (www.arquivonacional.gov.br).

 

Por - Lyzy Rayla

Sub-categorias

FacebookTwitterYoutube

Vídeo 1