• bonito_azul.jpg
  • bsb_azul.jpg
  • goiania_azul.jpg
  • pantanal_azul.jpg

Pesquisa Nacional - Acessibilidade em Bibliotecas Públicas

A Pesquisa Nacional Acessibilidade em Bibliotecas Públicas tem como objetivo realizar um mapeamento quantitativo de acessibilidade nas bibliotecas públicas municipais e estaduais do país. Dentre as questões a serem identificadas na pesquisa, estão relacionadas as preocupações de acesso à informação, acessibilidade física, equipe da biblioteca, identificação do acervo, ações e serviços oferecidos pelas bibliotecas públicas para as pessoas com deficiência. O formulário ficará ativo de 29 de setembro até 31 de outubro de 2014.

Nesse sentido, participar da pesquisa é um meio de colaboração para a identificação do cenário de acessibilidade nas bibliotecas públicas brasileiras. Pois possibilitará a formulação de políticas públicas de livro e leitura acessíveis e inclusivas.

O projeto “Acessibilidade em Bibliotecas Públicas” visa estabelecer referenciais nacionais voltados para esse tipo de equipamento cultural, numa perspectiva acessível e inclusiva, contemplando todas as deficiências. Para isso, dez bibliotecas públicas de diferentes estados, sendo duas por região do país, foram selecionadas para participar desta construção. O projeto almeja ainda construir e disseminar conteúdos, referenciais, estratégias e instrumentos por toda a rede de bibliotecas públicas, indo, portanto, além do escopo das selecionadas. Estimulará a articulação e a troca de conhecimento e experiências entre bibliotecas no país.

Fazem parte do universo desta pesquisa as 6.062 bibliotecas públicas do Brasil, mantidas pelos governos municipais e estaduais, conforme dados do SNBP. O Projeto Acessibilidade em Bibliotecas Públicas é uma ação do Sistema Nacional de Bibliotecas Públicas (SNBP), da Diretoria de Livro, Leitura, Literatura e Bibliotecas (DLLLB) do Ministério da Cultura e executada pela OSCIP.

Mais informações sobre o projeto podem ser acessadas no endereço: http://snbp.bn.br/acessibilidadeembibliotecas/. Em caso de dúvida sobre a tipologia das bibliotecas clique aqui. Dados sobre as bibliotecas públicas brasileiras podem ser encontrados no endereço: http://snbp.bn.br/indicadores/dados-das-bibliotecas-publica.

CRB-1 proporciona abertura de concurso público com vaga para bibliotecário em MS

Após autuação do CRB-1 a Prefeitura Municipal de Nova Andradina, no estado de Mato Grosso do Sul, realizará concurso público com vaga especifica para profissional em Biblioteconomia. O prefeito municipal de Nova Andradina, Roberto Soler, informou que será aberto concurso público para o quadro de pessoal do Poder Executivo do município com uma vaga de bibliotecário, com preenchimento imediato para atuar na Biblioteca Municipal Maria Batel Ortega, além do cadastro de reservas.

O resultado foi alcançado após um processo iniciado em outubro de 2012, onde foi expedido ofício apontando irregularidades quanto à inexistência de profissional bibliotecário à frente da Biblioteca Pública Municipal Maria Batel Ortega. Na época o CRB-1 foi informado sobre impossibilidade de contratação imediata devido a iminente mudança de gestão.

Diante da inércia, em julho de 2014 foi solicitado pelo CRB-1 a relação de funcionários que exercem função de bibliotecário, bem como ocupantes de cargos de chefia, direção e coordenação no campo da profissão de biblioteconomia. Na relação de funcionários que trabalhavam na Biblioteca Pública Municipal Maria Batel Ortega, verificou-se que a direção da mesma estava sob a responsabilidade de um profissional da área de contabilidade, não atendendo ao disposto em Lei, que estabelece a função como privativa de bacharéis em Biblioteconomia e com registro no CRB-1.

Diante de tais fatos, o Conselho solicitou providências para que fosse sanada a irregularidade, especialmente quanto à realização de concurso público ou outro meio idôneo com vista à contratação de profissional qualificado para a direção da citada biblioteca, conforme estabelece a Lei. A nomeação do profissional para desempenho da função ocorrerá em aproximadamente seis meses, data prevista para realização, conclusão e homologação do certame.

Por Lyzy Rayla

Sub-categorias

FacebookTwitterYoutube

Vídeo 1