• bonito_azul.jpg
  • bsb_azul.jpg
  • goiania_azul.jpg
  • pantanal_azul.jpg

Conselho fiscaliza o Déficit de Cursos de Biblioteconomia em Mato Grosso do Sul

Na última sexta-feira (15), o Conselho Regional de Biblioteconomia da 1ª Região comunicou, por ofício, a Secretária Municipal de Educação de Dourados - Marinisia Mizoguchi. Após fiscalização, verificou-se a não existência do curso de Biblioteconomia nas universidades do Estado. No documento foi solicitada a avaliação e possibilidade de implantação do curso para os estudantes da região.

O Estado de Mato Grosso do Sul, com uma população de 2.360.498 habitantes, tem se destacado no cenário nacional pelo esforço em implantar bibliotecas. Porém, no que tange o marco situacional existente no estado, não existe o curso de bacharelado em Biblioteconomia no âmbito de instituições públicas de ensino superior, existindo somente uma IES privada na Capital Campo Grande/ MS. Mesmo o Estado contando com uma demanda expressa de bibliotecas públicas e escolares, com 25.099 escolas de ensino regular, educação especial e de jovens e adultos e 41 (quarenta e uma) instituições de ensino superior.

O cenário da oferta do ensino superior em Biblioteconomia ainda demandará segundo a Lei n. 12.244 de 24/05/2010, a implantação de bibliotecas com bibliotecários em todas as escolas públicas e particulares no prazo de dez anos, o que implica na necessidade de formação de 100 mil novos profissionais. Cabe ainda destacar que a Região Centro-Oeste oferece somente 4,75% das vagas disponibilizadas no Brasil, fator este que contribui para constituir, de modo amplo, as demandas de formação.

O CRB-1 sempre se coloca à disposição para contribuir com o processo de criação do curso nas regiões sob sua jurisdição.

Por - Lyzy Rayla

Implantação de Acervo Digital nas Bibliotecas Públicas do País

Na última quarta-feira (13), em Brasília, foi assinado um acordo de cooperação técnica entre o Observatório e a Associação Brasileira de Municípios, com apoio, nos Estados, dos Sistemas Estaduais de Bibliotecas Públicas. O programa foi desenvolvido pelo Observatório do Livro e da Leitura (centro de estudos e pesquisas sobre a questão do livro e da leitura no país), em parceria com a Árvore de Livros (biblioteca digital voltada para atender a educação básica das redes de ensino pública e privada).

As bibliotecas públicas dos 5.570 municípios brasileiros, a partir deste projeto poderão aderir ao programa na própria quarta, com acesso gratuito ao acervo, à plataforma de empréstimo e ao serviço de manutenção do sistema.

Num primeiro momento, estarão disponíveis cerca de mil e-books de autores clássicos brasileiros em domínio público. O acesso aos livros será por computadores, tablets, e-readers e smartphones, o projeto não inclui o empréstimo dos equipamentos. Para evitar a pirataria, o leitor não poderá baixar o livro. O serviço será via streaming (transmissão pela internet), o mesmo utilizado pela empresa Netflix para empréstimo de filmes e séries.

Galeno Amorim, diretor do Observatório do Livro e da Leitura e ex-presidente presidente da Fundação Biblioteca Nacional. Amorim destacou os ganhos na difusão da leitura — um mesmo livro poderá ser lido por um número infinito de leitores ao mesmo tempo. “É fundamental preparar nossa bibliotecas para este contexto tecnológico atual. É uma forma de conseguirmos recuperar o leitor que vinha se distanciando da leitura. O empréstimo poderá ser feito pelo site das bibliotecas, em qualquer hora, em qualquer dia. Também representa uma solução para o problema de ter um espaço físico para alojar os livros.”, afirmou Amorim.

Por - Lyzy Rayla

Link Relacionado Folha

Sub-categorias

FacebookTwitterYoutube

Vídeo 1

Conselho Regional de Biblioteconomia 1ª Região - CRB-1
Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul

CLN 407 Bloco D Loja 30 – CEP. 70855-540 - Brasília, DF Telefones: (61) 3274-0345 / 3340-5135 – Fax: (61) 3347-8158 - E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.